Segunda-feira, 11 de Junho de 2007

Dupla personalidade #1

Vê lá não sejas bruto com a senhora que temos quase a certeza de que matou a filha de forma particularmente cruel e se não apertarmos um pouco com ela não podemos ter a certeza. Mas se ela for inocente é uma injustiça. Mas se ela for culpada não há outra forma de encontrar sequer o cadáver. Mas se ela for inocente já está a sofrer, o que acresce à violência psicológica. E quer seja inocente ou culpada, eu lixo-me, o que quer dizer que serei punido por ter descoberto a verdade. Mas a minha função é descobrir a verdade.
Toma! Desculpe... Fala! Perdão... Confessa! Não doeu, não?
publicado por joao moreira de sá às 16:51
link do post | opinar | favorito

Arcebispo de Cantuária

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 43 anos. Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever. jmoreiradesa@gmail.com

links

arquivos

Setembro 2015

Junho 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

subscrever feeds

blogs SAPO