Domingo, 23 de Setembro de 2007

Pensamento #28

Quando não tenho nada para fazer stresso-me com coisas irrisórias.
Quando estou cheio de trabalho só o trabalho é que me stressa, transfiro o stress para o trabalho.
Acho que quero ir para trolha.
publicado por joao moreira de sá às 09:41
link do post | opinar | favorito
3 comentários:
De rui rodrigo a 26 de Setembro de 2007 às 12:29
eu acho que deverias começar como ajudante de trolha, so para teres consciencia do que é o trabalho de trolha antes de enveredar por uma carreira tão promissora.. tipo recolha de informação...

No entanto acho que uma carreira no campo das limpezas te ficaria bem, tipo mulher a dias .

lol
De claudette guevara a 27 de Setembro de 2007 às 16:38
Não existe vento favorável para aquele que não sabe para onde vai. (Arthur Schopenhauer)

Aprendi a procurar a felicidade limitando os desejos, em vez de tentar satisfazê-los. (J. S. Mill)
De claudette guevara a 27 de Setembro de 2007 às 16:39
Esqueci-me de dizer que li isto hoje, e fiquei a pensar... porque o que eu costumo dizer, depois dos meus monólogos é: acho que quero ser cabeleireira.

Comentar post

Arcebispo de Cantuária

Uma mente delirante e não muito normal encerrada num corpo com 43 anos. Presentemente desempregado mas com boas perspectivas de conseguir vir a trabalhar num call-center. Escrevo porque não gosto lá muito de falar e como irresponsável que sou, acredito que um dia ainda irei conseguir ser pago para escrever. jmoreiradesa@gmail.com

links

posts recentes

Resistir à mudança ou ser...

Preocupam-me os velhos qu...

Durante quantos anos vão ...

Volta ao mundo em 80 espe...

"de Lisboa a Bruxelas são...

Tenho a casa a arder. Qua...

Saramago, o evangelizador

Ó senhores do Barclays, n...

O país tem furos!

As desculpas de Passos Co...

subscrever feeds

blogs SAPO